quinta-feira, 7 de fevereiro de 2013

Penhoradas propriedades de Aprígio Santos, presidente da Naval

A direção de Finanças de Lisboa penhorou e colocou em leilão cinco imóveis que pertencem a empresas de Aprígio Santos, presidente da Naval 1.º de Maio. Ao todo, as Finanças querem arrecadar mais de 3,8 milhões de euros. As vendas devem estar concluídas no final do mês. De acordo com a edição de hoje do Correio da Manhã a principal visada é a sociedade Aprogius - Companhia de Investimentos Imobiliários Comerciais SA, dona de milhares de hectares na região de Reguengos de Monsaraz, com planos aprovados para a construção para fins turísticos, e que tem Aprígio Santos como seu administrador único. A sociedade tem quatro grandes terrenos penhorados. O mais caro vai à praça por 1,1 milhões de euros, e o mais barato custa 500 mil euros. As vendas realizam-se no próximo dia 25. 
O quinto processo recai sobre a sociedade Riviera - Sociedade Imobiliária, também administrada por Aprígio Santos. Neste caso, a venda recai sobre um prédio em Arroios, Lisboa, que vai a leilão por um valor superior a 756 mil euros. 
Segundo os últimos números do Portal das Finanças, desde o início do ano, o Fisco já conseguiu vender 228 casas que foram penhoradas, o que dá uma média de 63 casas por dia. 
(Hoje, 07.fev.013, na Revista de Imprensa do Diário de Noticias, citando o Correio da Manhã)

9 comentários:

Anónimo disse...

...e qual é a novidade!?

Anónimo disse...

Nunca se deve esquecer o que Aprigio Santos tem feito pela Figueira da Foz através da Naval! Não me interessa se tem dívidas ao fisco, ou dos problemas na sua vida pessoal, sei é que tem mantido a equipa de futebol do clube! Se, e quando, Aprígio Santos sair, para onde irá parar a Naval!? Quem o irá substituir e fazer, pelo menos, igual!?
A.O.

José disse...

os comentários deixados pelo anónimo A.O. que já se tem afirmado aqui como bem identificado,deixam-me com uma vontade de rir que até me dói a barriga!!!quem será este personagem?é que as opiniões deixadas pelo mesmo são um bocado suspeitas...será alguém útil ao país?ou a si próprio?.

Anónimo disse...

Óh José, grato pelo elogio! Mas tenha cuidado com a sua barriga que, na verdade, é ridícula!
A.O.

Anónimo disse...

dar os parabéns á corrupção e aos corruptos só revela o estado do nosso país, infelizmente quem rouba fica mais bem visto do que quem pratica o bem...

Anónimo disse...

Mais grave é que pagamos do nosso bolso 154 milhões em dividas contraídas pelo grupo de empresas de Aprígio Santos ao antigo BPN.

Nem com a troika para acabar com o capital de risco imobiliário, nos livra disto.

José disse...

Resposta aos comentários ......Sr. A.O.,de facto a minha barriga é ridicula,sabe essa barriga é um espelho para que as pessoas se vejam nelas ao fazerem certos comentários....se o sr. der uma olhada nos comentários posteriores ao meu,veja a ideia dos outros comentaristas,afinal pessoas como o sr.,apoiam os corruptos deste país que deveriam ser erradicados da sociedade portuguesa,se se quer um país com condições para todos,não se pode defender a canalha,a esses só os canalhas defendem,infelizmente.

Anónimo disse...

Caro José concordo plenamente com os seus comentários corruptos como este senhor que deve 600 M de € não deve andar na nossa sociedade por isso quanto ao A.O quero-lhe dizer que o sr. é um banana por acreditar nessas tangas.

Anónimo disse...

Quem era este senhor, antes de ser presidente da Naval? afinal quem é quem serviu a quem?

CLIQUE EM MENSAGENS ANTIGAS E CONTINUE A LER 'O PALHETAS NA FOZ'
=================================================================

Translate this newspaper for other languages

---------------------------------------------------------------------------------------------------