sábado, 30 de março de 2013

Hoje não choveu!

Todos são unânimes em afirmar que a chuva faz falta. Que ‘esta’ chuva deste inverno já fazia falta! Porque se não os campos ficariam ‘secos’, os produtos do campo não nasceriam ou nasceriam já secos e ‘anafados’, e assim em cima da ‘crise’ mais crise haveria. 
Porque não bastava chover muito num só mês para encher barragens, porque passado mais outro mês já a água se teria escoado pois o solo seco a teria absorvido num instante! Era preciso chover como este ano: campos e terras bem ensopadas e ‘saturadas’ de água, e assim as barragens terão água já para largos meses (anos!?) pois já não escoa assim tão facilmente! 
Mas também fez frio. E no mercado da Figueira o sr. Valdemar diz que o frio, o ‘gelo dos campos’, foi ‘muit’a bom’ pois ‘matou a bicharada toda’ que estragava as culturas! 
Este foi, afinal, um inverno “à moda antga”! O ‘pessoal’ andava é mal habituado nos últimos anos, com invernos ‘quentes e amenos’! 
Lembrem-se que ainda estamos em março e que há um provérbio que diz: “Abril, águas mil!”. Bom, que seja! Que não seja por isso! Desde que depois venha um resto de primavera e um verão condizente!...

2 comentários:

Anónimo disse...

Pois! O único problema de tanta "sabedoria" é que agora tb não nasce nada, porque o que se poe à terra apodrece com o excesso de água e a bicharada, essa, tem agora muita humidade à disposição para se reproduzir em força durante o proximo verão!

Anónimo disse...

Portanto a "sabedoria" (!!??) do anónimo das 12h04, deduzível pelo que escreve, é que não deveria ter chovido nada!
Inteligência!!
A.O.

CLIQUE EM MENSAGENS ANTIGAS E CONTINUE A LER 'O PALHETAS NA FOZ'
=================================================================

Translate this newspaper for other languages

---------------------------------------------------------------------------------------------------