terça-feira, 23 de abril de 2013

Mas afinal quando esvaziam o vidrão!?

Na 5ª feira da semana passada já este vidrão, situado na rua Calouste Gulbenkian, se encontrava repleto, sem lá caber nem mais uma garrafa. Mas tudo bem, no dia seguinte, 6ª feira, véspera de fim de semana, iriam com certeza fazer a recolha. 
Mas não foram! Bom, mas também parece-nos que já os vimos fazer recolha ao sábado… mas ná… também não. Aqui já as pessoas começaram a deixar as garrafas cá fora, no chão. 
Bem, há que aguardar para 2ª feira, aí é que é de certeza, pensava cá ‘a gente’! Mas também não foi… Assim, perante tanta falta de consideração, por volta das 17h30 telefonámos para a Câmara Municipal dando conta do “vidrão-cheio-à-um-ror-de-dias”! Solícita, a senhora que nos atendeu disse que iria providenciar para avisar a firma responsável, em Coimbra. 
Finalmente esta 3ª feira… àh, pois é, continua tudo “na-mesma-como-a-lesma” (a foto foi tirada hoje mesmo, pelas 18h30) com a agravante de agora os moradores, já sem saber o que fazer, estarem a depositar as garrafas não só no chão como também no contentor do lixo! 
“Abril garrafas mil!”

Sem comentários:

CLIQUE EM MENSAGENS ANTIGAS E CONTINUE A LER 'O PALHETAS NA FOZ'
=================================================================

Translate this newspaper for other languages

---------------------------------------------------------------------------------------------------