segunda-feira, 16 de setembro de 2013

Recentes circovias… (perdão!) ciclovias, “roubam” dezenas de estacionamentos e tornam trânsito mais difícil na cidade!

Não se pintam nem lugares de estacionamento, nem ‘passadeiras’ para peões, nem se avivam sinalizações no chão que estão ‘invisíveis’… mas pintam-se uns traços no alcatrão da Figueira da Foz a que depois chamam “ciclovias” (que são aqueles sítios onde é raro ver-se alguém a “cicloviar”). 
Mas até aqui ainda “se-podia-fechar-os-olhos” não fosse dar-se o caso de muitas dessas intensas pinturas estarem em locais que, ou retiram locais de estacionamento, ou “apertam” estradas ou, ainda, afunilam acessos, dificultando cada vez mais o trânsito na cidade que já não é nada ‘famoso’! 
Refirem-se quatro incompreensíveis exemplos: 
  1) A retirada dos lugares de estacionamentos em frente ao pavilhão do Ginásio Clube Figueirense, onde já era difícil arranjar lugar (e já não falo em dias de jogos quer do Ginásio quer da Naval) mesmo para os pais que ali vão deixar e buscar os filhos para as diversas modalidades; 
 2) A ciclovia que vem desde sensivelmente o cemitério de Buarcos e que termina em frente ao restaurante Tamargueira e que ninguém sabe para onde segue! 
3) Junto a rotundas, onde desembocavam duas filas de carros, agora só desemboca uma fila! 
4) E o consequente apertar da via em algumas estradas da cidade que só prejudicam os automobilistas! 
E pelo “andar da carruagem” parece que se avizinham mais (desagradáveis) surpresas! 
(Texto compilado de emails enviados pelos leitores A.Osoa e R.Tavares. Fotos de R.Tavares)

18 comentários:

Anónimo disse...

E eu percorro todos estes sitios diariamente e, apesar de já não ser verão, a dificuldade passou para o dobro! Que coisa mal feita!
A.O.

Anónimo disse...

Já para não falar que a falta de sinalização adequada gera um perigo enorme quer para quem anda de carro quer para quem anda de bicicleta. Claramente uma daquelas asneiras para apresentar em vésperas de eleições.

PFerreira disse...

A isso chama-se eleições , tentar dizer ás pessoas que se fez algo, mas mal, muito mal . Nem boa para os automóveis nem boa para as bicicletes , são governantes á caça de votos , quando fazem algo fazem-no muito mal feito , é o que temos uma cambada de incompetentes a gerir os nossos impostos . RUA COM ELES .

Anónimo disse...

No caso da foto n1 acho ridículo estarem-se a queixar, quando existem junto ao estádio/pavilhão uma centena de lugares em 2 parques. Não percebo a falta de estacionamento, como é obvio se aparecerem 100 carros, não podem estacionar todos em frente á porta do pavilhão mas isso já sabemos que em portugal é tudo comodista, quando têm que andar 50metros fazem um escândalo, e só não entram com o carro para dentro dos pavilhões porque tem escadas, se fosse rampas...
Na foto 2 acho bem, não entendo a confusão pois existe ciclovia desde a ponte galante até ao teimoso menos nesse pedaço da tamargueira ao semitério. A alternativa era andar em cima do passeio e atrapalhar os peões coisa que de resto estes (peões) fazem ao andar na ciclovia entre a estátua do pescador e as muralhas.

Na foto 3 sim, admito que poderiam ter o cuidado de terminar a ciclovia uns metros antes para permitir as duas faixas de entrada na rotunda.

Anónimo disse...

Acredito que estas alterações tenham sido feitas devido às alterações que vão ser efectuadas no código da estrada em que as bicicletas passam a ser "tratadas" como os veículos a motor como tal, até concordo com estas alterações pois vêm facilitar a circulação das mesmas. Relativamente aos estacionamentos do GCF, os mesmos continuam lá por isso, não vejo o porquê da afirmação exposta neste artigo... Só tenho pena que a C.M. não tenha a iniciativa de alcatroar as estradas da serra, inclusive a do chamado "Enforca cães".

Duarte disse...

o trânsito só é dificil porque toda gente circula de carro! é de louvar esta iniciativa da Câmara Municipal e pena será se não pintarem mais ciclovias pela cidade.Há lugar pra todos na estrada,o comodismo é que por vezes faz as pessoas pensarem o contrário.fico feliz por ver a minha cidade seguir o exemplo de muitas outras pelo país e já agora aproveito para pedir aos Senhores automobilistas que respeitem a sinalização das ciclovias e não estacionem em cima das mesmas,isso só vai obrigar os ciclistas a ocuparem a faixa de rodagem e consequentemente tornar o trânsito mais dificil!

Nuno Correia disse...

De louvar esta acção (peca por tardia e apenas se realizou devido a eleições...mas pronto,mais vale tarde do que nunca)...pode ser que assim se comece a ver uma condução mais cuidada e cívica por parte dos automobilistas...cada vez mais as nossas estradas parecem uma selva!
Falta agora uma acção da polícia ao longo da ciclovia oceânica no sentido de consciencializar as pessoas(peões)e defender a utilização daquele espaço apenas para os velocípedes.(tarefa digo eu impossível)

Anónimo disse...

As ciclovias só são úteis quando não incomodam outros; só diz que há "comodismo" para os outros quem não anda a trabalhar de carro e, possivelmente, só passeia de bicicleta. As estradas parecem uma selva pois esta recente pintura mais a isso obriga! E esta ciclovia (ou CIRCOVIA como diz o Palhetas e muito bem) só vem prejudicar os automobilistas figueirenses que vivem cá e trabalham cá todo o ano!
A.O.

Pancho Roble disse...

Estes e-mails traduzem perfeitamente o atraso social português. Não deve ser por acaso que Portugal é dos países europeus com menos pessoas a circular de bicicleta, seja a passear ou a trabalhar, mas a matéria suscita uma avaliação ainda mais interessante para o acervo fechado em que vivem tantos automobilistas, sem os hábitos salubres que lhes melhoram a percepção. O país é estreito, e tem uma rede automobilística fantástica. Estradas largas, espaçosas, para ultrapassar a média europeia, no culto centenário automóvel. Portugal está carregado de preocupações básicas, que viciam o carrocel adulto, perdido em questiúnculas de café, cobiçando a falta de trabalho ou músculo intelectual. Façam exercícios de leitura, um passeio a pé, ou mesmo de bicicleta, se se souberem equilibrar, porque os riscos no chão deveriam servir para ajudar a perceber que, apesar de sermos os últimos em duas rodas, estamos a crescer e queremos evitar encontrões.
Obrigado e tenha uma boa condução.

Anónimo disse...

Isto só pode estar tudo louco!
As aberrações no trânsito da Figueira ainda vão dar muitas chatices

Duarte disse...

As ciclovias trazem segurança,não é por acaso que nos países mais desenvolvidos elas existem e muitos Municipios Portugueses estão a implementalas! Elas não servem só para o lazer,mas também para quem se desloca no seu dia a dia para o trabalho e rotinas diárias.Não só de carro se trabalha,a bicicleta é uma ferramenta de trabalho pra muita gente, veja-se os correios por exemplo que a usam todo ano!

Laura Maria disse...

Sinceramente entendo que a existência de ciclovias, principalmente numa cidade virada para o turismo, é de louvar.
É importante que numa cidade existam locais onde se possa andar de bicicleta em segurança.
Quanto aos locais para estacionamentos eles existem podem não ser à porta de casa como muitos automobilistas gostariam, que só não levam o carro para dentro de casa porque não podem.

Laura Maria disse...

Penso que não deveriam aceitar opiniões de anónimos. É verdade que o comentador pode utilizar um qualquer nome.
Pessoalmente embirro com o anonimato. Quem se esconde por detrás dele é certamente um cobarde, que não assume a sua opinião.

Anónimo disse...

Concordo com as ciclovias. É claro que não tem qualquer relação com as próximas eleições(?). Só mentes perversas é que podem dizer isso. Se não se faz, e tal..; se aparece obra feita é só por causa de interesses eleitorais.

Anónimo disse...

Concordo com a noticia. Ninguém está contra estas ciclovias, mas sim em dois dos sítios onde ela passa!!

Anónimo disse...

Em relação à Avenida 1º. de Maio (que passa frente ao Ginásio), o problema maior ainda é o seguinte: Na chegada à rotunda do Dr. Joaquim de Carvalho deixa de ser possível formar duas faixas de circulação: uma para quem quer virar à direita para o Liceu e outra para quem quer seguir em frente para o Ciclo. Resultado: cerca das 08h20, hora de entrada nestas duas escolas, forma-se fila única que chega à rotunda do Parque de Campismo!

Anónimo disse...

Numa das cidades maiores da Europa e com bastante movimento de carros e transporte públicos , Zurich, em qualquer estrada dentro da cidade tem civlovias, em alguns lados civlovias próprias e noutros casos nas próprias estrada são marcadas civlovias
Independente de estreitar a estrada para os carros.
Aqui respeita-se o ciclista, tem prioridade sobre os carros, se a estrada estreita e não pode passar ciclista e carro, o ciclista tem prioridade.
Se por algum motivo se bater num ciclista, o automobilista esta sujeito logo de imediato a ficar sem a sua carta de condução e ficar inibido de conduzir
É tudo um princípio de educação
Os miúdos na escola tem dias para serem acompanhados e ensinados pela polícia de como se circula na estrada.
A educação começa , como deve começar quando se inicia a escola

Anónimo disse...

Numa das cidades maiores da Europa e com bastante movimento de carros e transporte públicos , Zurich, em qualquer estrada dentro da cidade tem civlovias, em alguns lados civlovias próprias e noutros casos nas próprias estrada são marcadas civlovias
Independente de estreitar a estrada para os carros.
Aqui respeita-se o ciclista, tem prioridade sobre os carros, se a estrada estreita e não pode passar ciclista e carro, o ciclista tem prioridade.
Se por algum motivo se bater num ciclista, o automobilista esta sujeito logo de imediato a ficar sem a sua carta de condução e ficar inibido de conduzir
É tudo um princípio de educação
Os miúdos na escola tem dias para serem acompanhados e ensinados pela polícia de como se circula na estrada.
A educação começa , como deve começar quando se inicia a escola

CLIQUE EM MENSAGENS ANTIGAS E CONTINUE A LER 'O PALHETAS NA FOZ'
=================================================================

Translate this newspaper for other languages

---------------------------------------------------------------------------------------------------