quarta-feira, 11 de junho de 2014

Os comerciantes da Rua da República continuam com medo de grupo de mulheres

No passado dia 30 de maio, uma das notícias em destaque na página dedicada à Figueira da Foz do Diário de Coimbra, rezava como título: “PSP coloca fim a onda de temor na rua da República”
E a notícia desenvolvia: “A PSP da Figueira acaba de colocar um ponto final a uma situação que preocupava os comerciantes da Rua da República (e outros locais), com a detenção de um grupo de mulheres de etnia cigana que se dedicava a roubar e atemorizar empresários e funcionários” (…/…) “…sei de uma senhora que chegou mesmo a ser agredida e há lojas que, quando as viam, fechavam a porta com receio. Preferiam perder clientes a ter que as enfrentar” (…/…) “…o medo que se estava a instalar até terá levado a, pelo menos, uma colega de uma loja aqui perto, ponderar despedir-se!” 
****************************************
Ora passadas que foram escassas duas semanas, voltou tudo à mesma! Hoje mesmo dois comerciantes daquela artéria afirmaram-nos que “as louras” (designação dada ao alegado grupo de ladras) andam aí outra vez! A polícia da Figueira da Foz deteve-as rapidamente, mas foram libertadas dois dias depois!” (Foto ao lado retirada da 'net' não refletindo a atual situação)

1 comentário:

Pedro Alves disse...

É mesmo para dizer, SEM COMENTÀRIOS

CLIQUE EM MENSAGENS ANTIGAS E CONTINUE A LER 'O PALHETAS NA FOZ'
=================================================================

Translate this newspaper for other languages

---------------------------------------------------------------------------------------------------