sexta-feira, 25 de julho de 2014

A vala, o buraco, e os restos de um poste!...

Passar na rua Galamba Marques, como demonstra a 1ª foto, é uma aventura quer para peões quer para automobilistas. 
Já ali no passeio entre a Praça 8 de Maio (Praça Nova) e a Travessa da Alfândega (e em frente à Sapataria Quaresma, passe a publicidade) é preciso cuidados não só na estrada mas também no passeio, onde o coto de um poste elétrico pode causar ferimentos aos mais distraídos!

1 comentário:

Antonio Rama disse...

o nlocal sinalisado e colocado em segurança provisoriamente ate que a cmff forneça um novo para colocar no local, visto tratar-se de um apoio especifico para essa zona urbana, o que pode levar algum tempo ate que a cmff forneça outro. mas como na rua da republica (que e um optimo exemplo de situações deste genero), os automobilistas para estancionar na calçada conseguem derrubar postes, imagine-se uma simples sinalisaçao impruvisada e provisoria. numa ocorrencia no ano passado eu acabo de sinalizar o local de um poste partido com uma ponta de tubo de 1,50m de altura, na dita rua, estou a arrumar a ferramenta na carrinha que se encontrava parada uns metros mais atraz, e vem um automobilista e derruba o que eu tinha acabado de fazer e estanciona em cima. ao chamar-lhe a a atenção educadamente ainda fui insultado e tive de refazer o trabalho. situações desta podem-se evitar se os automobilistas souberem distinguir onde se pode ou não estancionar, e abrirem os olhos para o meio envolvente. imaginemos que em vez de um poste é uma pessoa que esta ali!

CLIQUE EM MENSAGENS ANTIGAS E CONTINUE A LER 'O PALHETAS NA FOZ'
=================================================================

Translate this newspaper for other languages

---------------------------------------------------------------------------------------------------