domingo, 20 de julho de 2014

Rai’s parta a porta das urgências do hospital!

A porta de entrada das urgências do Hospital Distrital da Figueira da Foz encontra-se danificada há vários meses, e enferma (apesar de estar nas urgências!) de diversas deficiências, qual delas a mais prejudicial para os utentes. 
1ª) A porta ‘emperra’ no chão e ‘trava’, dificultando a entrada de macas e de pessoas; 2ª) Como não fecha totalmente, os doentes que esperam e desesperam na sala por uma consulta tem de aguentar e frio e o vento que por ali passa; 3ª) E como ‘raspa´ no chão, provoca um ranger infernal, penetrante e irritante quando alguém entra ou sai, o que acontece a toda a hora… perdão, a todo o minuto! 
Ora esta notícia é retirada de um texto enviado via e-mail pelo nosso leitor Augusto Ferreira, mas nós próprios constatámos as referidas situações numa deslocação que ali fizemos no dia 2 de junho, em especial a do ‘rangente’ barulho, do qual demos conta à administração do HDFF através de uma reclamação, escrita à mão numa folha lisa A4, que entregámos na receção! Pelo menos afirmaram-nos que a dita reclamação lá chegaria… não nos disseram foi, obviamente, se quando lá chegasse, os srs. administradores se dignariam fazer alguma coisa! 
E o leitor remata: “-Assim, o desleixo tem limites, e não venham dizer que o arranjo de uma porta que não fecha e que raspa no chão é também culpa do Ministro da Saúde!!...”

2 comentários:

Fernando Gomes disse...

Ainda ontem lá estive,dia 20 do corrente mês,e ainda está na mesma

Ferreira disse...

Está e estará porque a administração do HFF não houve o barulho nem sente o frio durante a noite no gabinete, porque se fosse num dos gabinetes deles era logo reparada na hora.

CLIQUE EM MENSAGENS ANTIGAS E CONTINUE A LER 'O PALHETAS NA FOZ'
=================================================================

Translate this newspaper for other languages

---------------------------------------------------------------------------------------------------