segunda-feira, 20 de abril de 2015

Cabeleireiro figueirense não conhece outro país mas foi-lhe dito que estava ilegal em Portugal!

Fábio Dionísio Quijera nasceu numa instituição da Figueira da Foz. Nesta estudou, e por cá tirou um curso de cabeleireiro. Portanto, e desde que nasceu, sempre teve nacionalidade portuguesa. 
Em março decidiu renovar o Cartão de Cidadão por estar partido… quando o funcionário lhe comunicou que afinal estava ilegal no país que o viu nascer. Ora Fábio nem conhece outro país!
O Instituto dos Registos e Notariado informou que erro no momento do registo estará na origem do problema… (Compilação de noticia que pode ser lida completa no Correio da Manhã de hoje)

Sem comentários:

CLIQUE EM MENSAGENS ANTIGAS E CONTINUE A LER 'O PALHETAS NA FOZ'
=================================================================

Translate this newspaper for other languages

---------------------------------------------------------------------------------------------------