sexta-feira, 3 de julho de 2015

O audi…tórrido do Museu Municipal!

“Mais uma vez compareci no Auditório do Museu Municipal para assistir a uma reunião / festa da Casa da Criança que durou três horas… mas três horas quentes, tórridas, mesmo doentias, devido ao intenso calor que ali se faz, constantemente, sentir! 
Ar condicionado está avariado há anos, parece que “para poupar”! E uma mera ventilação por ventoinhas… àh, pois é, também gasta energia! 
Entretanto, e de vez em quando, algumas crianças e até adultos vão-se sentido mal… mas isso é coisa que fica "à borla!” (Compilação de texto enviado pela nossa leitora Amélia N. e de diversos testemunhos.)

3 comentários:

José Carlos disse...

Também estive e o ambiente era mesmo quente.
As crianças não aguentaram e os adultos desesperavam.
Festa bonita mas num espaço sem o mínimo de condições.
Lamentável.

Anónimo disse...

Pura verdade! Até que enfim que alguém fala sobre este atentado à saúde pública! Vou lá várias vezes, e até de Inverno aquilo é quente, quanto mais no Verão!
A.O.

Anónimo disse...

Agradecam ao mamarracho que presidiu a CMFF quando esse aborto foi construido!

CLIQUE EM MENSAGENS ANTIGAS E CONTINUE A LER 'O PALHETAS NA FOZ'
=================================================================

Translate this newspaper for other languages

---------------------------------------------------------------------------------------------------