terça-feira, 3 de novembro de 2015

Cultivava droga em fábrica abandonada da Gala

Ontem, 2ª feira, pelas 10h30, nas instalações de uma unidade fabril abandonada na zona da Gala, Figueira da Foz, foi detido um cidadão de 18 anos, residente na cidade, pelo crime cultivo de plantas para produção de estupefacientes. 
Elementos policiais, no decorrer do serviço de prevenção e investigação criminal, constataram que na antiga unidade fabril se encontrava um cabo elétrico ligado à rede elétrica pública, suspeitando-se da existência do crime de furto de eletricidade. 
No sentido de confirmar a suspeita, os elementos policias inspecionaram o local, verificando que o cabo elétrico se encontrava ligado ao 1º andar do edifício, a uma divisão que possuía a porta fechada, sendo esta reforçada por espigões em aço e com duas fechaduras. 
Através de uma janela da referida divisão, visualizou-se a existência de uma estufa, a qual se encontrava alimentada eletricamente, através do referido cabo. 
Atendendo à elevada probabilidade de se tratar da montagem de um equipamento utilizado para o cultivo, produção e preparação de substâncias ilícitas, foi efetuada uma vigilância ao local no sentido de identificar os proprietários/utilizadores do equipamento. 
Assim, após vigilância, foi intercetado o ora detido. Efetuada ao mesmo, uma revista de segurança, foi-lhe encontrado um pedaço de um produto de cor castanha, o qual sujeito a análise, deu positivo para haxixe, num total de 12 doses individuais, e três chaves utilizadas para abrir a porta daquela divisão. 
No interior do referido espaço foi encontrado e apreendido o seguinte material: 2 ventoinhas, 1 candeeiro com lâmpada de aquecimento, 2 estruturas com lâmpadas utilizadas para aquecimento, 3 vasos com três plantas canábis de pequenas dimensões, 1 frasco de fertilizante para plantas, 1 saco de adubo de sulfato de ferro, 1 frasco de ativador de crescimento, 2 lâmpadas de aquecimento e 20 metros de cabo elétrico utilizado para alimentar os equipamentos da estufa, ligados à rede elétrica do serviço público. 
O suspeito já é referenciado por esta Polícia como sendo consumidor/traficante de estupefacientes. Perante os factos foi-lhe, de imediato, dada voz de detenção. (Compilação de Nota de Imprensa enviada pelo Comando Distrital de Coimbra da PSP)

Sem comentários:

CLIQUE EM MENSAGENS ANTIGAS E CONTINUE A LER 'O PALHETAS NA FOZ'
=================================================================

Translate this newspaper for other languages

---------------------------------------------------------------------------------------------------