domingo, 3 de janeiro de 2016

Carritos para Caceira: cerca de 800 metros de ‘miséria’ provocam acidentes!

Há uma linha… perdão!... uma vala que separa a estrada entre Carritos e Caceira e onde só se pode circular do lado direito! 
O nosso leitor João M. que nos enviou texto e foto descreve que “…são sensivelmente 800 metros de miséria que separam as duas povoações! Uma buraco com brita, esburacado, escorregadio e escuro que tornam a estrada lastimável e que já foi responsável por vários acidentes!” 
Há cerca de dois meses que esta situação se mantém. A estrada esteve fechada pois não se podia passar, mas reabriu na véspera de Natal, mas continua como a foto mostra! Outro utente da via testemunhou-nos que esta “foi aberta à pressa” devido a muitos protestos, mas só “arranjada” com a colocação de terra e brita! E que os automobilistas já “ganharam medo” de ali passar e por isso vão dar a volta por outro lado! 
Incrível!

18 comentários:

José disse...

se tivessem alcatroado a vala sem esperar que abatesse, daqui por uns tempos haveria uma vala central como acontece nalguns lugares e depois criticavam a dizer que o trabalho era feito por incapazes, o problema é a mentalidade dos nossos condutores que querem andar de qualquer maneira e sem olhar ao perigo,entre esses acidentes,houve um acidente sim senhor mas alguém perguntou ao condutor porque quis ultrapassar pela direita?

Anónimo disse...

A estrada está miserável por falta de brio de quem executou a obra. Para confirmar a incompetência desta gente basta olhar para os sinais de desvio pendurados na Nespereira, os sinais todos podres que colocam a sinalizar etc.

Sr. José nao ha desculpa para incompetencia, ha outros revestimentos provisórios que minimizariam o problema, mas é preciso conhecimentos e inteligencia para os saber usar como se faz nos outros países.

Anónimo disse...

Se fosse só a zona de carritos caseira e a rua da bela vista e o casal da areia e toda a freguesia de tavarede e a Figueira será que não há ninguém responsável pelas estradas da zona da figueira e o seu conselho sera que é só angariar votos para que para fazerem de vista grossa as tanto por resolver. Bom em relação a tal obra na estrada de carritos caseira realmente está uma vergonha como também houve o dito desvio para estrada apertada onde os Buraquinho são tão bons que até cabe em alguns um peneu é uma autêntica vergonha ainda por cima a pouco tempo andaram a tapar só e unicamente buracos nesta zona que neste precisso momento já se encontram de.novo iguais ou piores. Também de relembrar que há sinais de trânsito que endicam 30km hora não é para acelerar e provocar acidentes como houve bom e é tudo

Anónimo disse...

Quem aqui vem defender a situação certamente nela está metido e/ou tem lá "tacho"
A verdade è que a anos que a N111 mais concretamente de Maiorca a Figueira, está uma miséria e isso ninguém poder argumentar contrário..

Anónimo disse...

Abriram a estrada no dia de natal, pois no dia de natal por volta das 5h já lá estava um espetado a seguir à curva sentido coimbra-figueira. Os sinais estavam lá, passei a 30kmh tal como indicavam os sinais e não bati em lado nenhum.

Queixaram-se que a estrada estava fechada, abriram-na agora queixam-se que têm acidentes e que têm medo de passar lá... Ora bem, para a figueira há uma estrada que passa ao lado, portanto só passa por lá quem quer. Quem passa vê como está a estrada, há uma regra de condução que diz, adequar a velocidade ás condições da via, sejam estas por mau estado do piso, ou por condições climatéricas adversas.

Só lá passa quem quer, se se continuam a queixar que há acidentes, fechem a estrada e resolvem o problema, deixa de haver acidentes. O problema é que o típico português reclama por tudo, se está aberta é porque está aberta, se está fechada é porque está fechada. O problema é que a culpa é sempre dos outros.. As pessoas não sabem conduzir, não têm civismo nem sequer o vizinho respeitam, e quando têm acidentes a culpa nunca é deles. Eles são os mc raes e richard burns desta vida, pois é esses eram 2 pilotos de rally e estão mortos...

Anónimo disse...

E incrível como alguém vem dizer q a culpa dos acidentes é dos condutores. Numa estrada em q os buracos imperam a iluminação é escassa a sinalização mal visível e a marcação no pavimento simplesmente não existe, não só entre carritos e caceira mas em quase toda a extensão da 111. E correto dizer q os condutores têm q a adaptar a velocidade ao estado da via, mas também sabemos q mesmo devagar podem haver danos nas viaturas pedras arremessadas e ao desviar de um buraco podemos causar acidentes.
Está situação e simplesmente uma vergonha. Nós pagamos os nossos impostos temos q exigir ser tratados com dignidade por está corja de políticos q só pensam na sua imagem.

Anónimo disse...

este tipo de obra so mesmo na figueira da foz pois em mais nenhuma cidade se ve esta vergonha pena e o sr presidente da camara não passar nela todos os dias

Anónimo disse...

ainda hoje la passei ja ta cheio de buracos. e eu passo de autocarro escolar

Anónimo disse...

O problema de alguns portugueses é conformarem-se com a miséria em vez de lutarem por melhoria de condições. Para andar a 30 km/h certamente nao tem horarios a cumprir. Eu para si tinha uma boa solução, em todas as suas deslocações obriga-lo a andar numa estrada daquelas e por cada vez que passasse do 30 km/h levava uma vergastada nas orelhas.

Pedro disse...

Infelizmente nesta localidade, Carritos, as estradas não fazem juz ao nome...talvez "Jipezitos" fosse melhor! Começa a ser difícil circular sem estragar uma pneu, uma jante...etc!
Caceira - Carritos
Casal da Areia - Carritos
Exemplos da degradação do pavimento!

Unknown disse...

TEMOS TODOS DUAS SOLUÇÕES POSSÍVEIS... Juntamo-nos e vamos todos arranjar a porra da estrada em questão e que se lixe o presidente e a escumalha toda que lá está na presidência (arranjar o material é que é complicado né...), OU ENTÃO Juntamo-nos todos e vai tudo protestar para a porta da câmara e esperar que o problema se resolva... Agora estar a mandar comentários num blogue acerca do assunto é que o pessoal faz muita coisa realmente... -_- Só vejo gente a discutir "Ah e tal, o zé é que tem culpa..." "Ah e tal, não é o zé é o manuel"... Sim senhora, que porcaria de país em que se vive, mas muito pouca gente tenta mudar isto com actos... Apenas se limitam a pressionar teclas e a despejar opiniões para cima uns dos outros... -_-

Anónimo disse...

Continuam os ilustres Figueirenses sempre a atirar "bitaites" para o ar...

Ainda não aprenderam que o poder dos eleitores é quem mais ordena?

Votam sempre nos mesmos, e agora criticam a inépcia.

Já repararam que o presidente da junta de Tavarede é que sabe a história toda?

Ferreira disse...

Eu quero dizer ao Sr. José que os carros não são nenhum cilindros para colmatar os terrenos após as obras nas estradas, para esse efeito existem maquinas para o fazer.
Em nenhum País desenvolvido e bem governado não se abre uma estrada sem estar concluída e com segurança para pessoas e bens mas infelizmente como vivemos num país que só temos governos para nos roubar acontece destas coisas.
Quem defende este tipo de trabalho e tão escumalha como os que o executaram ou estão executar esta obra.

paulo polonia disse...

bem amigos a minha esposa trabalha nas alhadas e deixou de passar nessa estrada fazendo mais kms mas indo por brenha e porque o faz é simples de explicar: a estrada como está desde a figueira a alhadas está numa degradação que dói e dói mais na carteira,como? depois de lá passar o saneamento a estrada ficou cheia de cortes altos e baixos buracos e o camandro,ora isso para rotulas,braços,suspençao e outras coisas mais nao sei se estão a ver os carros estão sempre na oficina mas por o que dizem alguns meninos aí se calhar devo comprar um tractor para passar numa "estrada" que deveria estar em condições á anos
eu até conheço o presidente da junta e pelo que conheço dele a estrada já estava arranjada (ele ate mora nos carritos) alguns problemas devem haver que desconhecemos
acho que as pessoas devem criticar o que está mal e é assim num estado de direito
(penso eu) mas também não se devem esconder atrás dos anónimos e dar a cara

José disse...

para o ilustre sr Ferreira ,tenho a dizer de fato os carros não são cilindros mas já agora tenho a perguntar se o nome escumalha é para mim,fico a aguardar uma resposta para ficar esclarecido, quanto ao anónimo das 16.49, tenho a dizer que não estou nem faço parte dos beneficiados pela obra nem tenho tacho algum, agora posso dizer é que sou condutor, não sou perfeito mas tento andar na estrada sem colocar a minha vida e a dos outros em perigo.

Anónimo disse...

Abrir a estrada antes de acabar a obra é pura e simplesmente irresponsável. Posteriormente ao assentamento da rede de saneamento é preciso proceder a uma compactação mecânica do piso e depois ao assentamento do asfalto. Foi uma estrada aberta a tempo do Natal porque é Natal e nós temos pessoas capazes de decidir baseadas no facto de ser Natal e a estrada fazer falta. Agora começou a chover, está aquilo tudo parido mas como já há queixas ainda hão de asfaltar à chuva o que não deve ser feito, a gastar os nossos euros para daqui a uns meses estar tudo a saltar aos bocados. Abriram a estrada para o Natal mas tiveram a semana toda do ano novo para asfaltar. De quem é a culpa? É do condutor?

João disse...

A culpa é das Águas da Figueira, pois a obra foi deles.
E confirmo que foi aberta à pressa, pois esteve mais de um mês fechada para abrir uma vala pelo meio da estrada.


Anónimo disse...

Oh santa paciência ....

Claro que a obra não está acabada... falta arrancar o resto do alcatrão, a estrada vai ficar em Tout Venant :)

CLIQUE EM MENSAGENS ANTIGAS E CONTINUE A LER 'O PALHETAS NA FOZ'
=================================================================

Translate this newspaper for other languages

---------------------------------------------------------------------------------------------------