terça-feira, 28 de junho de 2016

Aquelas ‘coisas’ sem importância nenhuma… só para quem cai!

Na passada 6ª feira, meio dia e meia, vimos um senhor estatelar-se no chão neste local. A dona Celeste, que pára de vez em quando no largo Tenente Valadim na rua da República a vender os seus produtos do campo contou-nos que é frequente acontecerem ali quedas, indicando-nos a causa, uma situação “que ninguém vê”: uma quase impercetível saliência num lancil junto ao banco de pedra ocasiona tropeções a toda a hora! 
.......................................................................
Já ao cimo da rua Francisco António Dinis, no passeio onde antigamente se situava a Junta Autónoma do Porto da Figueira da Foz, o passeio está todo esburacado, impedindo mesmo a passagem a pessoas de mobilidade reduzida, como é o caso do nosso leitor J. G. que nos deu conta deste caso.

1 comentário:

José Carlos disse...

Mashá quantos anos estão essespasseios por reparar?
E na Câmara ninguém vê?
Querem lá saber.

CLIQUE EM MENSAGENS ANTIGAS E CONTINUE A LER 'O PALHETAS NA FOZ'
=================================================================

Translate this newspaper for other languages

---------------------------------------------------------------------------------------------------