domingo, 31 de julho de 2016

Cemitérios da Figueira da Foz: O bom, o normal e o vilão!

O BOM: O cemitério de Buarcos está ‘um brinco’, com os seus arruamentos limpos, arranjado, e os espaços entre as sepulturas empedrado! 
O NORMAL: O cemitério Setentrional (conhecido como o cemitério de S. António, ou da Ordem Terceira) não tem muito movimento, por isso a manutenção é a básica. 
Apesar de alguns dos arruamentos necessitarem de alcatrão, aceita-se a normalidade. 
O VILÃO: O cemitério Oriental à saída da cidade para Coimbra (estrada antiga) apresenta-se desprezado! 
A terra extraída das covas depois dos enterros só é recolocada ou retirada, na maioria das vezes, mais de dois meses depois. 
O aspeto de algumas campas é deplorável, sem cuidados, com ervas e visível falta de limpeza. 
Por sua vez, há mais de quatro anos que existe um tapume ao fundo do lado esquerdo, que recebe restos de madeira dos caixões (por vezes misturados com roupas) situação visível e incomodativa. 
(Texto baseado em testemunhos verbais de Fernanda M. e de L. M. Figueira)

Sem comentários:

CLIQUE EM MENSAGENS ANTIGAS E CONTINUE A LER 'O PALHETAS NA FOZ'
=================================================================

Translate this newspaper for other languages

---------------------------------------------------------------------------------------------------