quinta-feira, 1 de setembro de 2016

Tanto movimento e não existem ‘zebras’ porquê!?

Com tantos espetáculos e iniciativas diversas que se realizam - não só no verão mas durante todo o ano – no Espelho de Água, e com a maioria das pessoas a estacionarem os seus carros no ‘parque de estacionamento das gaivotas’ ali mesmo em frente do outro lado da estrada, é de estranhar não haver uma passagem para peões entre os dois tão concorridos locais. A via tem de ser atravessada a correr pois ninguém vai “lá acima” dar a volta à passadeira mais próxima que ocasiona uma volta de cerca de 200 metros! 
Mas também é de estranhar ninguém ter em conta que a entrada para este parque de estacionamento se faz sobre um passeio e uma ciclovia sem nenhuma indicação ou uma mini-passadeira pintada no passeio e no tartan para indicação aos automobilistas. Ainda numa noite do passado fim-de-semana um carro com pressa de entrar quase me atropelou e aos meus cães que levava a passear! À velocidade que ele acelerou para entrar… bem, se fosse ali uma criança descontraída a passar o carro tinha-a atropelado! 
(Enviado via e-mail pela nossa leitora Marisa S.)

3 comentários:

Ferreira disse...

Muito bem visto á muito que já deviam ter sido feitas passadeiras para peões frente ao parque das gaivotas.

António Querido disse...

Será que fugiram para África? Livrando-se assim ao rigoroso inverno que aí vem!

Diogo disse...

Porque o Sr. Presidente não passa aí!!
Já em frente à Camara há!! (deve ser o único sitio na Figueira)

CLIQUE EM MENSAGENS ANTIGAS E CONTINUE A LER 'O PALHETAS NA FOZ'
=================================================================

Translate this newspaper for other languages

---------------------------------------------------------------------------------------------------