domingo, 18 de dezembro de 2016

Chão sujo e deix’andar!

A foto ao lado é de 2010, mas ainda há uns dois anos íamos jurar que se viam uns funcionários camarários a varrer o chão, em especial os pequenos focos de lixo e de folhas caídas. 
Subitamente desapareceram! Não se vêem por aí… o que também pode ser por desencontro, eles por um lado e nós por outro!... mas o que é certo é que há zonas da cidade que não são visitadas (leia-se “limpas” ou “varridas”) há largas semanas (meses!?). 
Veja-se este exemplo de mau aspeto na esquina da rua Calouste Gulbenkian com a rua Fernandes Coelho! Folhas das árvores caídas, húmidas e algumas já podres, papeis espalhados e cheiro a urina! 
Ali mesmo a meio caminho do Museu, do CAE e da Igreja Matriz! Tristeza!

Sem comentários:

CLIQUE EM MENSAGENS ANTIGAS E CONTINUE A LER 'O PALHETAS NA FOZ'
=================================================================

Translate this newspaper for other languages

---------------------------------------------------------------------------------------------------