quarta-feira, 7 de dezembro de 2016

Figueira da Foz: ‘Edifício está em ruínas e ameaça moradores’

Em artigo publicado na secção ‘Cidades’ o Correio da Manhã de 28 de novembro deu conta, com o título em epígrafe, da degradação em que se encontra o edifício bem conhecido na nossa cidade apelidado de “O Trabalho” (ainda que hoje em dia seja propriedade da Açoreana Seguros). 
Com uma loja de fotografia ali ao lado, Luis Brandão disse à reportagem: “-Tinha a minha viatura estacionada e foi atingida. Foi uma sorte eu não estar lá!” A empresa proprietária do imóvel assumiu os prejuizos, mas o problema, no entender do comerciante “é que a situação está a piorar e não se fez ainda nada para a resolver!” 
Por sua vez José M. Santos recorda que já cairam outras partes da estrutura do edifício, e a comerciante Fátima Lopes refere que, para além do prédio estar em perigo, “uma parte está ocupada por dois sem-abrigo que acendem fogueiras para fazer comida e podem causar um incêndio!” 
Fonte da autarquia referiu ao CM que a Açoreana Seguros tem conhecimento da degradação porque “já foi notificada para fazer uma intervenção para reabilitação do imóvel”
……………………….. 
Ora ontem mesmo de manhã vimos dois funcionários a arranjar a ‘cinta’ do 1º andar do edifício, precisamente aquela de onde vão (íam?) caindo, de vez em quando, pedras e cimento. Ainda perguntámos, esperançados, se aquele arranjo era o início de umas reparações mais profundas… mas que não, era mesmo só para arranjar a cinta!... 
“-Ora bolas!” – murmurámos para nós – “…lá vamos estar mais uma data-de-anos a levar com o decrépito mamarracho ali!...” 
Mas isto já somos nós a divagar, não liguem!

Sem comentários:

CLIQUE EM MENSAGENS ANTIGAS E CONTINUE A LER 'O PALHETAS NA FOZ'
=================================================================

Translate this newspaper for other languages

---------------------------------------------------------------------------------------------------