terça-feira, 17 de janeiro de 2017

40 milhões na Celbi = Mas "demonizar" o eucalipto pode impedir novos investimentos!

= Investimento nas fábricas de celulose pode estar em risco = 
Ontem, na sessão de assinatura de dois contratos no valor de 125 milhões de euros, a realizar nas fábricas da Celtejo, em Vila Velha de Ródão, e da Celbi, na Figueira da Foz (40 milhões) foi afirmado por um dos diretores da empresa que “no meio de mitos e demagogias várias, demoniza-se a floresta de eucalipto e, com ela, toda a criação de riqueza que ela proporciona, sobretudo no espaço rural …/… tem-se preferido deixar o terreno ser tomado pelo mato ao invés de promover novas plantações!” 
Portugal importa anualmente 22% da madeira que consome, o que representa mais de 180 milhões de euros por ano. "É um contra-senso ter a maioria do território apto, mas que, ano após ano, vem tendo menos áreas produtivas” 
Estas preocupações, veiculadas por um dos administradores da Altri (Celbi), já tinha sido também aflorada pela The Navigator Company (ex-Soporcel)… 
(Ler noticia completa no Jornal de Negócios = E o que Diogo Silveira, da CELPA, diz em relação ao eucalipto)

Sem comentários:

CLIQUE EM MENSAGENS ANTIGAS E CONTINUE A LER 'O PALHETAS NA FOZ'
=================================================================

Translate this newspaper for other languages

---------------------------------------------------------------------------------------------------