sexta-feira, 13 de janeiro de 2017

Estrada ‘ocupada’ destruida nos Vais deixa familia sem acessos

-Proprietário quiz reaver terreno e só agiu após decisão do Tribunal-
Os moradores de uma casa em Vais, Figueira da Foz, ficaram sem acesso rodoviário à habitação. Uma decisão judicial sentenciou a destruição de parte da estrada e ordenou a reposição de um caminho em terra batida que existia nos anos 80. 
Armindo Gonçalves, empresário da construção civil, moveu um processo para reaver 500 metros que foram ocupados pela estrada. "Só estou a cumprir uma decisão do tribunal” (…/…) no local "havia uma serventia de um metro e meio para acesso às propriedades, mas os autores da obra ignoraram por completo e ocuparam o meu terreno"
O morador aponta agora o dedo à Câmara da Figueira da Foz por se "ter desresponsabilizado, quando foi a própria autarquia que pavimentou a rua e fez todas as infraestruturas..." 
(Compilação de notícia do Correio da Manhã online =VER AQUI= e que pode ser lida na íntegra na sua edição em papel de hoje) 

Sem comentários:

CLIQUE EM MENSAGENS ANTIGAS E CONTINUE A LER 'O PALHETAS NA FOZ'
=================================================================

Translate this newspaper for other languages

---------------------------------------------------------------------------------------------------