quinta-feira, 19 de janeiro de 2017

Polícia Marítima da Figueira da Foz continua a fiscalizar redes

Depois de na passada 3ª feira ter havido uma operação de fiscalização entre Pedrogão até à Cova Gala - como aqui noticiámos – ontem foi a vez da sua atividade de fiscalização ter recaído ao longo da costa e para norte da Figueira da Foz até Mira. 
A operação foi desenvolvida entre as 09h00 e as 15h00, tendo sido fiscalizadas 88 redes majoeiras, das quais três em presumível infração e às quais foram levantados os respetivos autos de contraordenação relacionados com artes sem licença, sinalização e identificação irregular. 
A página da Policia Marítima online de onde compilámos esta noticia, avisa ainda: “-Alertam-se todos os pescadores que trabalham com este tipo de arte de pesca, sem auxílio de embarcação e que têm que entrar na água para colocar e levantar as redes, para os perigos associados às condições de tempo adversas previstas para esta semana, designadamente os resultantes das temperaturas muitos baixas que se vão fazer sentir, facto que pode levar a situações de hipotermia."

1 comentário:

Anónimo disse...

Algo escapa nestas fiscalizações das autoridades Marítimas..
Se é a lei que está em causa,e se é para seu cumprimento concordo, a 100 por cento com a fiscalização.
Mas leva-me a perguntar o seguinte.
Por qual motivo os "assassinos" ilegais do "meixão"continuam a praticar o crime e a matar milhões de várias espécimes de peixes que o rio nos dava «alimentou muitos famílias muito pobres» onde me incluo, hoje praticamente não as há porque as monstruosas redes do dito "meixão" tudo mata?
Sim é verdade que cria monstruosas riquezas, paga vários automóveis topo de gama, moradias que superam tudo o que de melhor luxo há.
Sim, também é verdade que de vez em vez lá aparece uma noticia a dizer que as Nossas Autoridades apanharam ou destruíram, umas redes, cinco, ou mais. Mas deixam por lá centenas que continuam a "encher" o leito do rio e muito mais a "encher" os "assassinos" meixoeiros.

CLIQUE EM MENSAGENS ANTIGAS E CONTINUE A LER 'O PALHETAS NA FOZ'
=================================================================

Translate this newspaper for other languages

---------------------------------------------------------------------------------------------------