terça-feira, 28 de março de 2017

Coronel Regina Mateus estudou na Figueira da Foz e é a primeira mulher no curso para general

Regina Maria de Jesus Ramos Mateus, nascida em 1966 em Lourenço Marques (atual Maputo), frequentou a escola primária em Moçambique, na Rodésia e depois na Figueira da Foz. 
Feito o ensino secundário, tirou o curso de Medicina na Universidade de Coimbra, que concluiu em 1991 (fazendo o internato geral nos dois anos seguintes). 
 A data de promoção da coronel médica Regina Mateus ao generalato ainda é uma incógnita, por depender de vagas na Força Aérea e autorização do Ministério das Finanças. Mas o último passo está dado: frequenta o curso de promoção a oficial general. 
Chefiava o Centro de Medicina Aeronáutica da Força Aérea, esteve em áreas de conflito de elevada perigosidade como o Afeganistão (três vezes), tendo estado também na Lituânia, em São Tomé e Príncipe, Noruega e Líbia. No plano hospitalar estava sempre disponível em casos de emergência mesmo quando os doentes não eram seus. E treina natação de forma competitiva.  
(Ler notícia completa de Diário de Notícias AQUI)
...........................................
Nota da Redação: O nosso leitor João Paredes publicou hoje (4ª feira dia 29.mar.016) um comentário nesta notícia que, pela sua oportunidade e conhecimento de causa, aqui a (re)publicamos em destaque:
“-Foi com muita satisfação que li esta notícia. Andei com a Regina no Liceu da Figueira (Escola Secundária n 2, actual Escola Joaquim de Carvalho). Foi sempre uma aluna brilhante, uma pessoa simples e discreta. Foi também uma excelente nadadora do Ginásio Clube Figueirense, até entrar na Faculdade de Medicina. 
Passaram muitos anos desde esses tempos e com eles perdi o "rasto" da Regina, como de outros colegas e amigos dessa altura. A ideia que retenho da Regina, é a de uma pessoa lutadora, resiliente, com uma mente brilhante. Prevíamos que o futuro lhe reservava uma carreira de sucesso. Fico feliz, por constatar, que a Regina alcançou o sucesso pelo qual lutou e continua a lutar. Isto é meritocracia. Parabéns Regina!As estrelas de General ficam-te bem, porque representas o mérito, e este não tem género masculino ou feminino.”

1 comentário:

Joao Paredes disse...

Foi com muita satisfação que li esta notícia. Andei com a Regina no Liceu da Figueira (Escola Secundária n 2, actual Escola Joaquim de Carvalho). Foi sempre uma aluna brilhante, uma pessoa simples e discreta. Foi também uma excelente nadadora do Ginásio Clube Figueirense, até entrar na Faculdade de Medicina. Passaram muitos anos desde esses tempos e com eles perdi o "rasto" da Regina, como de outros colegas e amigos dessa altura. A ideia que retenho da Regina, é a de uma pessoa lutadora, resiliente, com uma mente brilhante. Prevíamos que o futuro lhe reservava uma carreira de sucesso. Fico feliz, por constatar, que a Regina alcançou o sucesso pelo qual lutou e continua a lutar. Isto é meritocracia. Parabéns Regina!As estrelas de General ficam-te bem, porque representas o mérito, e este não tem género masculino ou feminino.

CLIQUE EM MENSAGENS ANTIGAS E CONTINUE A LER 'O PALHETAS NA FOZ'
=================================================================

Translate this newspaper for other languages

---------------------------------------------------------------------------------------------------