quinta-feira, 27 de abril de 2017

Árvore desaparecida / cacto derrubado!

O ‘buraco’ onde se encontrava a árvore há muito desaparecida na rua dos Bombeiros Voluntários, segundo julgamos saber por se encontrar muito inclinada para a estrada e já quase a impedir a circulação de veículos maiores, continua ali no estado que a fotografia documenta (tirada no dia 3 de outubro do ano passado, mas árvore já retirada há mais de 2 anos). Ora, se se justificou a sua remoção, das duas uma: se é para recolocar outra, porque é que a secção camarária responsável ainda não o fez? Se não é, porque é que então aínda não arranjaram e empedraram este naco de passeio!? 
Já hoje mesmo, ao fim da tarde, uma camioneta ao passar na apertada rua Raimundo Esteves, derrubou uma grande parte do cacto que, graciosamente e artisticamente, se debruçava do quintal desta casa para a estrada. É daquelas situações em que dois volumes não podem coexistir no mesmo espaço: na estrada os carros e camionetas querem passar, e até os cactos precisam de ser podados!

Sem comentários:

CLIQUE EM MENSAGENS ANTIGAS E CONTINUE A LER 'O PALHETAS NA FOZ'
=================================================================

Translate this newspaper for other languages

---------------------------------------------------------------------------------------------------