sexta-feira, 24 de novembro de 2017

Eu borrifo-me, tu marimbas-te… eles desprezam!

Abandonados, a cair, maus cheiros, ratos, já houve incêndios… mas ali continuam! 
Uns não ligam; outros não vendem; alguns não cedem; e vários borrifam-se! Borrifam-se não só para o mau aspeto que ‘aquilo’ empesta (perdão, empresta!) ao local, borrifam-se para um degradar público e visível logo ali num local onde todos passam e onde ‘eles’ olham para o lado! 
Marimbam-se para os incêndios que já ali eclodiram (pelo menos dois nestes que são apelidados de "os prédios do exército", ali a seguir ao quartel da PSP da Figueira da Foz) sabe-se lá como! Mas sobretudo marimbam-se para a degradante manifestação de esbanjamento dos dinheiros públicos (portanto de todos nós, dos nossos impostos, dos nossos IMI’s, dos nossos IVA’s…) ali ostensivamente à vista isto enquanto por outros lados várias comarcas, juntas de freguesia, paróquias, etc. se esfalfam para arranjar habitação social para ajudar os mais desfavorecidos. 
Em suma, eles desprezam…

2 comentários:

Anónimo disse...

estes são os prédios das forças armadas, nas abadias?
estão vazios? não sabia.
vazios, degradados e ao abandono.
edifício o trabalho 2, 3, 4...
grande f foz, que cuidas bem das tuas gentes.nem para sorrir dá.

M.Marques disse...

Isto é onde?

CLIQUE EM MENSAGENS ANTIGAS E CONTINUE A LER 'O PALHETAS NA FOZ'
=================================================================

Translate this newspaper for other languages

---------------------------------------------------------------------------------------------------