segunda-feira, 27 de novembro de 2017

Miniaturas de trabalhar o sal feitas há 20 anos por alunos de Lavos + O sal no feminino!

Uma curiosa coleção de miniaturas dos artefatos usados pelos marnotos nas salinas da Figueira da Foz. 
Como curiosidade, refira-se o óbvio: os então pequenos artesãos na altura entre os 4 e os 6 anos, terão hoje a idade entre os 24 e os 26 anos! 
……...............................
Entretanto, o jornal Público publicou ontem uma reportagem intitulada “O sal faz-se no feminino (e em família)” com o subtítulo “No salgado da Figueira da Foz, as mulheres eram imprescindíveis no transporte das salinas para os armazéns. Hoje, mantêm-se quase 20 mulheres pelas salinas figueirenses, mas já fazem tudo, desde rer a moirar. 
Os relatos de As Mulheres no Salgado da Figueira da Foz, expostos no Núcleo Museológico do Sal, mostram que sempre teve. As salinas, mais de duas centenas, se recuarmos quatro décadas, recrutavam as mulheres para tirar as lamas, se estivéssemos na Primavera, ou para transportar o sal em cestas, à cabeça, suportadas pela rodilha que ainda hoje é marca nos trajes folclóricos que representam estas mulheres que andavam para trás e para a frente entre os talhões — as salineiras. .”  =VER AQUI=

Sem comentários:

CLIQUE EM MENSAGENS ANTIGAS E CONTINUE A LER 'O PALHETAS NA FOZ'
=================================================================

Translate this newspaper for other languages

---------------------------------------------------------------------------------------------------