sexta-feira, 4 de maio de 2018

As escadas daquela travessa continuam sem o corrimão que foi prometido!

A dona Palmira, aí há uns seis meses atrás, veio-nos dizer toda contente: 
“-Olhem, encontrei agora o presidente da câmara mesmo aqui a passar no passeio junto destas escadas (NR: Travessa do Paço, que liga o Passeio da Rua 5 de Outubro ao Largo Prof. António Victor Guerra) e disse-lhe logo que passavam aqui muitas pessoas, a maior parte já de idade avançada, e que o faziam com muita dificuldade por não haver um corrimão central ou mesmo junto a uma das paredes, para o necessário apoio!... e ele disse-me que ia mandar ver o que se passava e resolver o assunto…” 
Mas isto foi há seis meses! De lá para cá, dois trabalhadores colocaram por ali umas 'colheres' de cimento nos degraus, nada mais! A dona Palmira, com 87 anos, veio-nos hoje lamentar que, quanto ao corrimão “…afinal continua tudo na mesma!...” 
Ao que nós respondemos: "-Pois!..."

1 comentário:

Anónimo disse...

E para quando um corrimão CENTRAL nas escadas da esplanada Silva Guimarães para a Avenida.
Há anos que esse espaço exige um corrimão CENTRAL.
Mas ninguém quer saber.
É tudo coreografia, nesta cidade.

CLIQUE EM MENSAGENS ANTIGAS E CONTINUE A LER 'O PALHETAS NA FOZ'
=================================================================

Translate this newspaper for other languages

---------------------------------------------------------------------------------------------------