sábado, 2 de junho de 2018

Novo hospital na Figueira da Foz!? Nem sussurros...

Antigo Hospital da Figueira da Foz, na Misericórdia (Anos 50)
“A provável necessidade de se construir um hospital novo” foi um tema falado no passado mês de março, aquando do 46º aniversário do Hospital Distrital da Figueira da Foz. 
Sanatório Hélio Marítimo (Anos 60) - Depois HDFF
Segundo noticiou o Diário de Coimbra na altura, José Albino, presidente do conselho de administração, falou que era necessária “uma reflexão para suscitar um debate sobre essa possibilidade, pois o edifício base tem 60 anos e a sua construção não foi vocacionada para hospital geral”. 
(NR: Recorde-se que o edifício foi concluído na década de sessenta do século passado, construído de raiz, vocacionado para tratamento de doenças respiratórias e denominado Sanatório Hélio-Marítimo.
Hospital Distrital da Figueira da Foz (Atual)
Ora logo depois do 25 de Abril de 1974, devido à profunda degradação do Hospital da Figueira da Foz, mesmo na cidade e integrado na Misericórdia, o Sanatório foi ocupado e tomado, muito por iniciativa do clínico dr. Menano, na altura um alto funcionário das decrépitas instalações que já datavam de 1839 localizadas onde hoje em dia se situa o Lar de Santo António.
Muitos afirmaram na altura que a ocupação foi muito ‘precipitada’, que se não tivesse acontecido a cidade teria mesmo um hospital no seu seio e construido de raiz para o efeito. Mas na verdade já eram quase “impossíveis” os tratamentos no edifício antigo da Misericórdia, com piso de madeira apodrecido no 1º andar e onde até chovia na sala de operações.) 
O que é certo é que de há um ano a esta parte se vem noticiando ciclicamente, neste ou naquele jornal ou canal televisivo, a construção de novos hospitais em Portugal - já vão em mais de dez - onde não consta nenhuma alusão à Figueira da Foz. Nem sussurros! 
Preocupante, até porque José Albino realçou que “desde a escolha do terreno até entrada em funcionamento decorre, em regra, mais de uma década!”

Sem comentários:

CLIQUE EM MENSAGENS ANTIGAS E CONTINUE A LER 'O PALHETAS NA FOZ'
=================================================================

Translate this newspaper for other languages

---------------------------------------------------------------------------------------------------