sexta-feira, 2 de novembro de 2018

Duas situações que nenhum presidente de câmara conseguiu resolver na Figueira da Foz!

O eterno e antigo edifício de 'O Trabalho' e os 'prédios do exército'!
Sabe-se que nenhum deles é da responsabilidade direta da edilidade figueirense, pois se o fossem já 'alguém' lhe teria dado algum destino, nem que fosse a demolição (...falta muito!?). 
São, isso sim, de responsabilidade indireta, e neste interim nenhum presidente de câmara teve arte e engenho de pegar nalgum elemento legal que permitisse uma resolução eficaz! 
Os apelidados 'edifícios do exército' para ali estão, pegados que eram ao quartel do exército ao lado instalado, agora quartel da PSP. 
Abandonados aos poucos, ficaram desabitados alguns anos após o 25 de Abril de 1974 porque 'acabou a guerra'. E para ali ficaram a degradarem-se dia após dia, ano após ano, muitos andares já sem janelas e interiores estripados por indigentes que por lá agora 'habitam', edifícios onde, segundo pessoas da zona, já ocorreram situações de incêndio, não se sabe se comunicados ou não aos bombeiros ou se apagados de moto-próprio pelos 'tais'! 
Por sua vez o horripilante edifício ainda hoje denominado 'O Trabalho' (que, segundo se consta, pertence há anos a um grupo americano) e que tem tomado conta do local, agora já conseguiu também tomar conta de duas ruas ao sequestrar dois dos mais calcorreados passeios da cidade, faltando só mesmo os seus lúgubres 'fantasmas' tomarem conta e "apoderarem-se" da cidade! O que acontecerá se por ali ocorrer algum acidente de vulto...
Enviar um comentário
CLIQUE EM MENSAGENS ANTIGAS E CONTINUE A LER 'O PALHETAS NA FOZ'
=================================================================

Translate this newspaper for other languages

---------------------------------------------------------------------------------------------------