terça-feira, 20 de setembro de 2016

“-Perguntou as horas e depois tentou roubar-me os anéis!...”

Tentativa de roubo aconteceu aqui
Aconteceu em agosto, mas a oportunidade de descrever a tentativa de assalto surgiu agora, até para alertar para este tipo de crime. 
O relato é feito por António C. que acrescenta: 
“-…eram 13h20, foi a informação que eu dei ao sujeito ainda novo, bem vestido e aí de uns vinte e tal anos, que me perguntou as horas na rua da República, numa altura em que não passava mais ninguém. Logo de seguida e subitamente pegou-me na mão e aos puxões tentou tirar-me os dois aneis que tinha no dedo anelar da mão esquerda! Apanhado de surpresa e em defesa, apesar dos meus 82 anos, ainda lhe consegui dar um soco na cara… o que acho que o deixou espantado pois não contava com isso… entretanto aproximava-se uma pessoa e ele gritou para um campanga que estava mais atrás - também bem vestido e que me pareceu mais novo - e que só na altura é que vi: “-É pá, vamos embora!...” E fugiram em direção à estação! 
António C. finalizou: “-Agora fico sempre um pouco mais atento quando alguém desconhecido me aborda”!

1 comentário:

Anónimo disse...

Abençoados oitenta e dois anos, em vês de um murro, deviam era de ser quatro

CLIQUE EM MENSAGENS ANTIGAS E CONTINUE A LER 'O PALHETAS NA FOZ'
=================================================================

Translate this newspaper for other languages

---------------------------------------------------------------------------------------------------