terça-feira, 21 de janeiro de 2014

Grua ardeu hoje de manhã no porto da Figueira da Foz. Nuvem negra visível de vários pontos da cidade!

Uma grua que estava hoje a operar no terminal de granéis do porto da Figueira da Foz ardeu, sem provocar feridos, e as causas do incêndio estão a ser investigadas, disse o comandante do porto local. "A grua estava a operar quando ocorreu o incêndio que foi combatido e extinto pelos bombeiros", acrescentou Paulo Inácio à agência Lusa. 
O incêndio deflagrou na zona do motor da grua, cerca das 09h50, e a combustão dos óleos e combustível provocou uma nuvem negra visível de vários pontos da cidade. 
Ouvido pela Lusa, o comandante dos Bombeiros Municipais da Figueira da Foz, Nuno Osório, disse que o combate ao incêndio foi de "grande complexidade", dado que decorreu em altura e de "perigosidade extremamente elevada", por existir risco de colapso da estrutura. 
"A grua estava assente em hidráulicos [sapatas que garantem a sua estabilidade] e, com a rotura de vedantes e tubagens e a combustão de matérias extremamente inflamáveis como óleos e combustíveis, o risco de colapso existia", explicou. 
No ataque ao incêndio os bombeiros utilizaram uma emulsão de espuma "para o combate ser mais eficaz", adiantou. 
O operador da grua, que se encontrava vários metros acima do motor onde deflagrou o incêndio, conseguiu sair ileso e, à chegada dos bombeiros, estava já no exterior. (Compilação de Lusa/Jornal i)

Sem comentários:

CLIQUE EM MENSAGENS ANTIGAS E CONTINUE A LER 'O PALHETAS NA FOZ'
=================================================================

Translate this newspaper for other languages

---------------------------------------------------------------------------------------------------