quinta-feira, 7 de agosto de 2014

Passadeira invisível, peões inseguros

Na Rua Fresca, quase no confinamento com o início da Rua Calouste Gulbenkian, da passadeira (!?) para peões ‘que parece ter estado ali’ só se vêm duas zebras do lado direito! Que não se vêm mesmo quando um carro estaciona em cima delas (pois nesta cidade estaciona-se impunemente por cima de tudo, já repararam!?). 
Esta passadeira ‘que parece ter estado ali’ está encoberta não só pelos ‘desenhos’ das obras e valas que ali se vão fazendo, como também pela incúria de não lhe darem uma pintadela (que não é caso único!) de apropriada tinta branca. 
Ou será que também há poupanças no que concerne à segurança dos cidadãos!?

Sem comentários:

CLIQUE EM MENSAGENS ANTIGAS E CONTINUE A LER 'O PALHETAS NA FOZ'
=================================================================

Translate this newspaper for other languages

---------------------------------------------------------------------------------------------------