domingo, 15 de maio de 2016

Estardalhaço, sujidade e mau aspeto na praia vai para 4 anos… afinal porquê e para quê!?

No plano inicial para o areal da praia da Figueira da Foz estavam previstas várias obras diferenciadas: o Anel das Artes, um anfiteatro redondo, uma piscina de água salgada, pista de atletismo, arborização junto à avenida, espaços para esplanadas… mas nada disto foi avante, ‘deixou-se cair’! 
O que se está a construir mesmo agora? Uma ciclovia, passadiços e intervenção nas valas que atravessam o areal. Muito bem. Mas para isto foi preciso, como anunciado (e como é que foi mesmo!?...) uma “não intervenção mecânica na «antepraia» para promover a regeneração do ecossistema (…/…) com o intuito de promover a consolidação das areias (…/…) promovendo assim a fixação natural da vegetação (…/…)“!? 
Então estas três intervenções (1/3 das que estavam previstas) não se realizaríam na mesma sem ter de deixar crescer o ‘pasto’, e de terem acabado de vez com a designação - tão do agrado dos figueirenses - de “Praia da Claridade”? Que por via da sujidade e mau aspeto visual já nem aparece em postais, placards ou filmagens anunciando a cidade!? (Aparece o rio ou a serra).
Afinal em qualquer altura e com a praia limpa tudo isto se faria na mesma!  
» Comentário final? Não temos!...

2 comentários:

Anónimo disse...

Entao mas isto nao esta tudo planeado com cuidado e engenheiros?
Ainda nos vao prometer o regresso do Mundialito!

Tiago Ferreira disse...

Cuidado?
Engenheiros?
Onde?
Desde quando é que se planeia alguma coisa com cuidado nesta Terra que é linda, mas q ngm sabe aproveitar o que ela tem para dar..
Ate a porra sas muralhas de Buarcos e o Forte de Sta. Catarina conseguiram estragar...

CLIQUE EM MENSAGENS ANTIGAS E CONTINUE A LER 'O PALHETAS NA FOZ'
=================================================================

Translate this newspaper for other languages

---------------------------------------------------------------------------------------------------