domingo, 5 de março de 2017

Obra pronta mas não concluída provoca avarias e indignações!

-É pá, é sempre a mesma coisa!...”, arrumou-nos ao telefone o interlocutor que nos telefonou ao fim da tarde deste sábado (José A. S.) depois de ter chegado a casa com o pneu furado devido a ter embatido minutos antes, com algum aparato, num daqueles profundos buracos da obra inacabada no alcatrão junto aos semáforos do mercado / jardim. “-…é que devido à chuva nem se vêm os buracos!” 
Fomos ao lugar aferir do que se passava e na verdade, de quase todos os carros que ali passavam, ouvia-se um som algo arrepiante, cavo, igual ao de um pneu a bater num buraco… pois! 
E alguém nos disse que as obras já tinham terminado no início da semana! Então – perguntamos nós – não tiveram tempo até este fim de semana de arranjar / alcatroar o que desarranjaram ou de, pelo menos, colocar uma camada que não se desfizesse com o mau tempo que estava previsto para estes dias!? 
Antigamente quando abriam uns buracos ‘batiam-nos’ com um maço ou com um cilindro compactador e arranjavam-nos na hora. Nos últimos anos e por cá só os arranjavam depois de os ‘deixar assentar’. Mas agora ficam é à espera que os rodados dos carros os abatam! 
Mas os carros ao passar ali é que ficam ‘abatidos’!

1 comentário:

Anónimo disse...

Mas os Srs. autarcas e incluindo a empresa Aguas da Figueira estão mentalizados que os carros é que são os cilindros.

CLIQUE EM MENSAGENS ANTIGAS E CONTINUE A LER 'O PALHETAS NA FOZ'
=================================================================

Translate this newspaper for other languages

---------------------------------------------------------------------------------------------------