quinta-feira, 4 de abril de 2013

Rua do Paço… a passo cuidado!

Se subir a rua do Paço (e só o pode fazer a pé), faça-o com muito cuidado! 
Ali a meio, para passar, tem ir para a estrada, deparando-se com má visibilidade para o fazer devido a uma vedação que já ali se encontra “há c’anos!”, ainda por cima ocupando meia passadeira para peões! (foto pequena em baixo). 
Lá mais ao cimo, enquanto se “atamancou” o prédio central (foto à esquerda) tendente a precaver a queda de pedras e vidros (o que presumimos ter sido a instâncias da câmara municipal visando os prédios decrépitos, e muito bem) já do prédio amarelo, à esquerda, vão caindo pedras e pedaços da sua fachada para a estrada. 
Ainda no passado sábado assistimos à queda de mais uma parte de "caliçada" parede!
Ora como por aqui costumam passar muitas pessoas, ou estarem carros estacionados (e está lá um!), só por sorte ainda não houve, felizmente, danos pessoais ou materiais a contabilizar. 
Portanto se lhe dá para passar no paço, cuidado com os passos que dá!

2 comentários:

Lucindo Meireles disse...

"Ora como por aqui costumam passar muitas pessoas, ou estarem carros estacionados (e está lá um!), só por sorte ainda não houve, felizmente, danos pessoais ou materiais a contabilizar"

Tem piada é que as pessoas se preocupam mais com os bens materiais e danos pessoais de quem passa, contudo não se preocupam com quem mora nesses prédios.

Por exemplo, nesse prédio amarelo moram pessoas com uma idade muito avançada, e não vejo ninguém preocupado com a sua situação.

Assim como, também ninguém se preocupa se essas mesmas pessoas, que tem dificuldades de locomoção, conseguem ou não entrar em suas casas - Como mostra a figura, é "normal" deixarem os veículos a tapar a porta de entrada. Por diversas vezes que a PSP tem de ser chamada ao local, mas isso ninguém "quer ver", certo?

antonio jose mendes de oliveira carvalho disse...

e sempre assim eu antonio carvalho vivi na casa que tem o tapume esta acair .vivi la durante a minha infançia eu e meus irmaos carlos e jose carvalho e alfredo carvalho quer dizer a familia de manuel carvalho bombeiro municipal da ffoz tempos atraz a rua estava melhor desde que fizeram obras .ficou mais pequena e perigosa esta a cair os predios estao velhos ea camara nao olha bem para estas coisas .velhos tempos em que era concorrida de pessoas para baixo e para cima era alegre e agora e ver a cair aos bocados tenho pena ver a minha rua ao abandono fico por aqui .antonio carvalho.....

CLIQUE EM MENSAGENS ANTIGAS E CONTINUE A LER 'O PALHETAS NA FOZ'
=================================================================

Translate this newspaper for other languages

---------------------------------------------------------------------------------------------------