terça-feira, 23 de maio de 2017

A comer no passeio quando têm umas belíssimas mesas e bancos de pedra na praia!

Seis Autocarros, com cerca de 300 idosos a almoçar ao sol, em plena hora de almoço, hora de mais calor! Assim como assim, então não tinham ali umas mesas de piquenique na praia!? 
Ingratos! 
(Fotos de Ana Paulo Ramalho / Facebook)

A primeira grande embarcação saída dos Estaleiros Navais do Mondego desde há muitos anos lançada à água esta 6ª feira

Nesta sexta-feira, 26 de maio, às 15 horas, é lançado à água, na Figueira da Foz, o ferryboat “Haksolok”, a primeira grande embarcação saída dos Estaleiros Navais do Mondego desde que estes foram concessionados à Atlanticeagle Shipbuilding. Trata-se de uma encomenda para Timor-Leste.
Construído em aço e alumínio, o navio representa um investimento superior a 13 milhões de euros. Tem 72 metros de comprimento e capacidade para transportar 377 passageiros, 23 viaturas e até 3.500 quilos de carga. 
=Ler notícia completa de Jornal de Negócios AQUI=

segunda-feira, 22 de maio de 2017

Qual será a sinalização que ‘manda’ aqui!?

*Porque
uma
linha
que
separa...*
Qual
é que
'manda'
aqui!?
A branca 
que 
delimita 
os 
estacionamentos, 
ou a 
amarela 
que 
os 
proibe!?

Bombeiros Municipais da Figueira da Foz foram apurados para o Campeonato do Mundo de Trauma

Decorreu este fim de semana no pavilhão multiusos da Figueira da Foz o IV Campeonato Nacional de Trauma destinado a apurar as melhores corporações de bombeiros que irão representar Portugal no Campeonato do Mundo de Trauma 2017 (World Rescue Challenge). 
Os Bombeiros Municipais da Figueira da Foz ficaram no pódio, sendo assim um dos apurados para a final que decorrerá na Roménia de 29 de agosto a 3 de setembro. 
(Da Associação Bombeiros para Sempre. Notícia completa e todas as classificações AQUI)

sábado, 20 de maio de 2017

Lota da Figueira da Foz cresceu no pescado comercializado e em quantidade de transações

O valor do pescado comercializado na lota da Figueira da Foz de janeiro a abril deste ano foi de 4,1 milhões, um aumento de +151% face ao período homólogo. 
Por sua vez, e no referente à quantidade de transações, registou 1.756 de toneladas, um aumento de 117,5%. (Notícia do Diário de Notícias citando comunicando da Docapesca / Foto nossa de arquivo)

As escolas de (quase) todos nós!


A Escola 
de Conde de Ferreira
e a Escola
Industrial e Comercial 
da Figueira da Foz! 
E uma foto para recordar
a melhor estirpe de alunos
mais corrécios... (perdão)
mais corretos 
daqueles anos!

sexta-feira, 19 de maio de 2017

Oito praias da Figueira da Foz com Qualidade de Ouro / Vem aí calor / E os perigosos agueiros!

Quercus classificou 8 praias da Figueira da Foz com águas de ‘Qualidade de Ouro’
Com o aproximar do início da época balnear 2017 e à semelhança das épocas anteriores, a Quercus classifica as zonas balneares portuguesas em que as águas apresentam melhores resultados em termos de qualidade. Este ano, foram distinguidas 396 praias, 351 zonas balneares costeiras, 9 de transição, e 36 interiores. 
No ‘ranking’, o concelho da Figueira da Foz surge com oito zonas balneares que apresentaram melhores resultados em termos de água com qualidade, e assim distinguidas com ‘Qualidade de Ouro’. 
…………………………………….…. 
Entretanto, o tempo ‘vai aquecer’! 
Na previsão para os próximos sete dias, verifica-se uma temperatura de 31ºC para este domingo, e de 33ºC para quarta-feira. 
E não se esqueça que é proibido fumar nas praias!
Olhe que dá multa! 
…………………
Agueiros nas praias e o perigo que representam! 
Os agueiros, ou correntes de retorno, são correntes geradas perpendicularmente ao longo de toda a costa portuguesa, por ação da ondulação e da topografia do fundo. 
Podem aparecer junto de molhes, afloramentos rochosos ou ao longo das praias (a intervalos regulares). Estas correntes podem ser muito fortes, arrastando o banhista, desprevenido, para zonas afastadas e mais profundas da praia. 
A Autoridade Marítima Nacional alerta que os agueiro podem ser fatais e causar a morte por afogamento. O banhista deve sobretudo não entrar em pânico, nem tentar vencer a corrente. Deve pedir ajuda e nadar lateralmente até deixar de se sentir o efeito da corrente. 
Depois, deve tentar sair da água num local afastado desta corrente. Veja aqui um vídeo explicativo.

quinta-feira, 18 de maio de 2017

Assaltaram a Junta de Freguesia do Paião!

A Junta de Freguesia do Paião foi ontem assaltada à hora de almoço. Bastou cerca de meia hora, entre as 13h00 e as 13h30, para que desconhecidos partissem o vidro de uma janela e se introduzissem no interior do edifício, onde também funciona um balcão dos correios. 
Terão levado cerca de 3 mil euros, dinheiro de reformas e de pagamentos de serviços como água e eletricidade. 
Já em abril tinha havido um assalto do mesmo género ao local. A GNR tomou conta da ocorrência. 
(Ilustração nossa de arquivo. Notícia Diário de Coimbra que pode ler na íntegra na edição em papel de hoje)

S O S: Queixa na Comissão Europeia contra obras na Leirosa e no Cabedelo da Figueira da Foz

Colapso da obra pesada de defesa aderente na raiz do molhe e destruição da duna em Fevereiro de 2017
O movimento cívico SOS Cabedelo vai avançar com uma queixa em Bruxelas contra a intervenção em praias da Figueira da Foz, considerando que a obra da Agência Portuguesa do Ambiente agrava o problema de erosão. 
O projeto de reconstituição do cordão dunar da APA está previsto para as praias da Leirosa e Cabedelo (Figueira da Foz), e Vagueira (Vagos), e arrancou há cerca de uma semana na Leirosa, depois de vários alertas lançados pelo movimento contra uma obra que consideram que vai agravar a erosão que já afeta aquela zona costeira… 
(Foto do mural do Facebook do SOS Cabedelo = Ver aqui notícia completa de Porto Canal)

quarta-feira, 17 de maio de 2017

Outdoors "da contestação" inseridos em campanha publicitária de 90 mil euros denominada *A Figueira que já não é só da Foz*

Estão explicados os outdoors que apareceram por aí em vários locais da cidade e que têm provocado diversa contestação. A Câmara da Figueira da Foz vai lançar uma campanha publicitária a nível nacional, num investimento de 90 mil euros, para mostrar a diversidade da oferta turística do concelho e combater a sazonalidade. 
A campanha, denominada "A Figueira que já não é só da Foz" pretende, por um lado, "mostrar as oportunidades turísticas que a cidade oferece" e, por outro, combater a sazonalidade que continua a marcar o fluxo turístico do concelho, disse o chefe de gabinete da presidência da Câmara Municipal.
A campanha será lançada no final do mês a nível nacional, "na televisão, rádio, campanhas de 'outdoor', 'mupis' (mobiliário urbano para informação) e autocarros", assim como nas redes sociais, e vai durar até agosto. Haverá ainda publicidade nas autoestradas número 1 (A1) e 8 (A8) e no Metro de Lisboa. 
Acrescentou ainda que “tem-se notado que o concelho começa a ser procurado para outras que coisas que não a praia”… 
(Imagem meramente ilustrativa nossa de arquivo)

terça-feira, 16 de maio de 2017

Por uma porta do campo/estádio da Naval aberta entrei…

…e olhei para a esquerda! Depois olhei para a direita… e por último olhei em frente! Depois resolvi fechar a porta e não voltar a olhar! = Clicar nas fotos (de Ana Paula Neves) para melhor as visualizar=

segunda-feira, 15 de maio de 2017

Parquímetros da Figueira Parques ‘pirateados’ em vários locais!

Esta manhã quase todos os parquímetros da Figueira Parques situados entre a Rua da República e o mercado da Figueira da Foz apareceram com autocolantes afixados com o emblema da cidade e a seguinte informação: “-EMPRESA NÃO LICENCIADA – Equipamento desativado pela C.M.F.F.”
Entre as dez e as onze horas o trabalho dos fiscais da Empresa Municipal foi o de retirar pressurosamente os autocolantes ‘piratas’!

Homem desaparecido encontrado hoje enforcado em Ribas!

Jorge Ramos, de 47 anos, desaparecido desde a passada quinta-feira (e neste jornal divulgado na 6ª feira) foi encontrado hoje, ao final da manhã, enforcado numa casa abandonada, na localidade de Ribas, freguesia de Moinhos da Gândara, no concelho da Figueira da Foz, informou fonte dos Bombeiros Municipais da Figueira da Foz. 
As buscas estavam a cargo da GNR de Quiaios e dos Bombeiros Municipais da Figueira da Foz. 
O Diário “As Beiras” informa hoje na sua edição online (ver aqui) que o corpo, encontrado por soldados da guarda, foi removido do local pelos Bombeiros Voluntários da Figueira da Foz, tendo sido transportado para o Instituto de Medicina Legal de Coimbra.

Uns OVNIS (Outdoors Verbais Nasceram Ilógicos Subitamente) para promover (!?) a cidade!

As fotos que publicamos, retiradas com a devida vénia do mural do Facebook de João Paredes. 
Estes 'OVNIS' deixaram mesmo muitos embasbacados! 
Uns ‘escritos’ sem nenhuma ilustração pretensamente para promover (!!??) a Figueira da Foz!   
“No more comments!”

domingo, 14 de maio de 2017

Pó de vidro levada pelo vento polui ruas da baixa da cidade

“-Se passar na Avenida Saraiva de Carvalho poderá ver, no Porto Comercial, as matérias que se encontram regularmente descarregadas, sem qualquer proteção, expostas a ventos e chuvas. 
Essas matérias são variadíssimas mas, sobretudo, de pó de casco de vidro (breve pesquisa nossa pela Net revela que esta pode causar tosse, catarro nos pulmões e garganta, e afetar a pele causando vermelhidão e comichão, e consta mesmo da lista de resíduos com a atribuição de perigosidade da União Europeia) que, com o vento, espalham-se muito, vendo-se nuvens desses materiais a ser levadas... nas casa em frente esses pós entram por todas as frestas, as plantas ficam contaminadas, móveis, pavimentos com pó... este que é levado até às ruas Vasco da Gama, Afonso de Albuquerque e outras nas imediações! 
É evidente que esses pós, que voam com o vento, não são diários. Variam das descargas ao longo do mês. Penso que em qualquer país civilizado aquela exposição aos elementos da natureza, no meio de uma cidade, não seriam admissíveis sem um mínimo de proteção. 
Não afirmo que a saúde pública esteja a ser ignorada em favor do lucro público… mas lá que parece, lá isso parece! A juntar a isto há o barulho das camionetas, guindastes e outras maquinarias, durante o dia, e fora de horas, e o fumo que sai das chaminés de alguns barcos, pretíssimo, visivelmente poluente... 
Mas a maior preocupação dos moradores é mesmo a poeira de vidro espalhada… é que deverá fazer mesmo muito mal à saúde de quem os respira por esta imposta normalidade!"
(Texto compilado de missiva enviado pelo nosso leitor Manuel Moura)

Salvador Sobral é português, ganhou e assim é certo: o Festival Eurovisão da Canção 2018 será em Portugal!

O Festival Eurovisão da Canção de 2018 será a 63.ª edição anual do evento.
O Festival será realizado pela primeira vez em Portugal, depois de Salvador Sobral ter ganho ontem a edição deste ano com a canção ‘Amar Pelos Dois’.

sexta-feira, 12 de maio de 2017

Várias inundações pela cidade esta madrugada!

No Passeio Infante D. Henrique uma súbita subida das águas provocou inundações em vários estabelecimentos comerciais. 
O prejuizo não foi muito elevado na Ourivesaria Lontro com a água a resumir-se ao átrio de entrada, nem na Farmácia Santana Jardim onde a água se ficou pelas traseiras. Mas já a Churrasqueira Reino dos Frangos registou prejuizos mais avultados com, mais uma vez, a sua cave inundada! E a funcionária da loja Colorvita encontrou o espaço inundado com vários produtos de cabeleireiro inutilizados e alguns expositores tombados; 
Na Rua da República onde depois das últimas obras, há três anos, se dizia que “nunca mais ía haver cheias”, a água subiu, e subiu… e houve tão somente demora no seu escoamento previsivelmente devido à forte corrente vinda pela Rua 10 de Agosto mas, e sobretudo, falta de limpeza dos esgotos;
Os Bombeiros Municipais foram também chamados ao Casal da Areia em Buarcos onde a água ‘visitou’ várias garagens subterrâneas e as caves da Caixa Geral de Depósitos e de um restaurante;
Em Vila Robim um varanda com o escoamento tapado provocou o alagamento da sala da casa; 
E no Largo da Igreja Padre Arménio Marques, água alagou uma habitação devido a telhas partidas. (Fonte: Bombeiros Municipais da Figueira da Foz)

Papa Francisco sobrevoou hoje à tarde a Figueira da Foz!

A RTP noticiou, na sua transmissão em direto desta tarde, que o avião Airbus-321 da Alitália que trouxe o Papa Francisco sobrevoou a Figueira da Foz por volta das 16h00 antes da aproximação à Base Aérea de Monte Real, onde aterrou por volta das 16h10. 
No Santuário de Fátima, onde chegou pelas 18h20, um milhão de pessoas o aguardava.

GNR procura homem desaparecido em Ribas, na Figueira da Foz

O alerta para o desaparecimento de Jorge Ramos, de 47 anos, foi dado pela família. 
(NR: O seu irmão informa no Facebook que “muita gente na zona da Figueira da Foz o conhece pois é do Bairro da Bela Vista e trabalhou na (cervejaria) Sagres”). 
As buscas foram iniciadas na tarde de ontem, interrompidas ao cair da noite e retomadas na manhã desta sexta-feira. Participam 17 militares da GNR, dois deles integrando duas equipas cinotécnicas (homem e cão), e às 10 horas as buscas foram reforçadas com uma viatura dos Bombeiros Voluntários e por uma equipa dos Bombeiros Municipais da Figueira da Foz. 
Não foram indicadas as circunstâncias do desaparecimento. 

Jogador da Naval suspenso dois anos por tentativa de corrupção quando era jogador do Nogueirense!

O futebolista Sérgio Grilo, atual jogador da Naval, foi punido com a suspensão de dois anos e o pagamento de 1.500 euros, num caso de corrupção desportiva. 
A Federação Portuguesa de Futebol (FPF) anunciou esta sexta-feira a decisão da seção não profissional no Conselho de Disciplina, passível de recurso para o Conselho de Justiça ou Tribunal Arbitral do Desporto, remonta a um caso ocorrido em 2012. 
A situação diz respeito à época de 2012/2013 quando Sérgio Grilo era jogador do Nogueirense e, segundo o acórdão, contactou outro futebolista, Manuel Godinho, da Naval convidando-o a `provocar um penalti e/ou ser expulso´ de modo a facilitar a vitoria do Moreirense, em joga da II Liga…
=Notícia de A Bola Online que pode ler na íntegra AQUI=

quinta-feira, 11 de maio de 2017

Garraiada dos Estudantes está a passar de moda?

A tradicional e secular (há registos de 1903) Garraiada dos Estudantes de Coimbra na Figueira da Foz não teve hoje a habitual afluência de anos anteriores, muito devido aos aguaceiros previstos e que, na verdade, foram ‘molhando’ durante o dia de hoje. Pior seria se fosse aquela chuva densa e continuada, pois o aguaceiro sempre ‘vai-e-vem’… mas mesmo assim afastou muitos ‘capas negras’.
Mas depois não existe já ‘a graça’ dos estudantes virem aos magotes da Capital do Distrito, nos anos 50 e 60 do século passado, nas antigas mas características carruagens de combóio em madeira, e depois seguirem da estação para o Coliseu através de carroças puxadas por burros ou cavalos.
Acresce a maior consciencialização contra os maus tratos com animais que muitos consideram ser uma prática nas touradas, a par de até ter havido uma moção online contra a presente garraiada! 
E depois essa de realizar este evento a meio da semana – ao invés de ao domingo como era antigamente – não contribui em nada (antes pelo contrário) para a sua popularidade. 
Assim, apesar de pouco animada mas, ainda assim, com uma assistência sofrível, quase que não se deu pelos estudantes na cidade. 
(Fotos Facebook: As antigas de Teresa Amaral, a da garraiada de hoje de Pedro Agostinho Cruz)

Pela net não acontece!

quarta-feira, 10 de maio de 2017

Uma obra sem ‘nível’ nenhum!

Mesmo em dias de chuva, como é o caso de hoje, não é concebível que se criem poças de água numa obra feita e acabada há poucos meses. 
Mas nos dias em que não chove aínda menos concebível é as poças manterem-se por ali indefenidamente como a foto documenta… pelo menos até a água se evaporar, já que reparar o que foi mal feito não há quem!... 
Mas que raio de obras se fazem na Figueira da Foz, sempre a darem ‘raia’!? 
A foto é de RCL que faz uma pergunta final: “-Será que os empreiteiros que idealizaram ‘isto’ não conhecem a ferramenta chamada ‘nível’!?

terça-feira, 9 de maio de 2017

A Unidade de Saúde Familiar da Figueira da Foz tem inúmeros equipamentos avariados

Na Unidade de Saúde de S. Julião da Figueira da Foz situada na rua de Moçambique, encontrar um equipamento a funcionar na sala de espera dos utentes é ‘missão impossível’! A máquina das senhas está avariada desde sensivelmente o verão do ano passado (vai para um ano!) e o ecrã de plasma de chamada mostra-se solidário e também não funciona. De igual modo e constantemente sem funcionar está o aparelho de televisão que sempre ía distraindo os doentes nas esperas mais prolongadas. E até o equipamento para crianças situado lá no canto está há muito avariado. 
Já sem falar num equipamento ‘Sapo’, junto às secretárias de atendimento, que pretensamente seria informativo dando notícias e informação nacional, que só deve ter estado ativo aí uns dois ou três meses, isto quê!? Mas isto aí há uns dois ou três anos!... mas vá, mas a máquina de sandes, chocolates e bebidas funciona bem! 
Mesmo os seus computadores… por vezes ouvimos um desabafo de quem com eles lida que “estão lentos, e se alí houvesse um martelo!...” 
Cá fora a ‘avaria’ é outra: o matagal cresce à volta do edifício numa evidente falta de manutenção e limpeza. 
No meio disto tudo, uma nota positiva vai para o solícito atendimento prestado pelo pessoal, desde as funcionárias da receção, ao pessoal de enfermagem e médicos.

Máximas das mães

CLIQUE EM MENSAGENS ANTIGAS E CONTINUE A LER 'O PALHETAS NA FOZ'
=================================================================

Translate this newspaper for other languages

---------------------------------------------------------------------------------------------------